Travel Executive

1 – Não imprimir as reservas
Leve impresso para o aeroporto a sua passagem aérea, seguro viagem e reservas de hospedagem. Não adianta só levar o número ou screenshot da tela do seu celular. Vai que teu celular dá problema, perde a imagem, não tem bateria ou internet…e aí como faz?  Veja os documentos exigidos em uma viagem para a Europa e como funciona a Carta Verde caso viaje de carro pelo Mercosul.

2 – Não reservar seu hotel
Você pode ter a infelicidade de não encontrar vagas no hotel que gostaria de ficar hospedado e ficar vagando na cidade até achar um lugar para dormir. Sempre reserve pela internet, nem que seja alguns dias antes, para garantir a sua cama. O Booking é a melhor ferramenta para buscar hotéis e hostels por região e por preço.

3 – Não verificar o seu passaporte
Antes de comprar a passagem, confira se o seu passaporte estará com válido até o retorno. Normalmente os países pedem 6 meses de validade de passaporte. Não adianta chorar as pitangas, ver que não vai dar tempo de renovar o passaporte e perder a viagem.

Também verifique as condições de visto ou requerimentos.

4 – Não habilitar seu celular e cartões de crédito para o exterior
Se você esquecer de habilitar o roaming do celular não terá sinal de naaada. Claro que também existe aquele risco de gastar uma nota na viagem com ligações ou pacote de internet.

Eu recomendo e uso o chip com internet ilimitada da empresa EasySim4U. O chip é vendido online por número de dias da sua viagem e chega direto na sua casa, ou seja, não  precisa procurar no aeroporto e nem falar com ninguém. Assim que sair do avião é só usar!

Cartão de crédito também deve ser liberado para uso no exterior. Caso viaje sem habilitar terá problemas para fazer a liberação via telefone ou achar outra forma de receber dinheiro, como Transferwise (se tiver amigos no país) ou Western Union.

5 – CNH não é documento
A carteira nacional de habilitação não é documento em outros países, somente RG e passaporte. Então não adianta viajar ali pra Argentina com a CNH que você não irá entrar.
Lembre-se que seu RG deve estar em boas condições e não ter mais de 10 anos.

6 – Não tomar as vacinas
Vacinas são exigidas porque são necessárias, assim você evita as tretas de uma doença tenebrosa. Não custa nada tomar a vacina da febre amarela! Tome no máximo 10 dias antes da sua viagem e faça a carteira internacional de vacinação.

7 – Esquecer de levar um adaptador de tomada

O famoso T ou Benjamim é indispensável! Mesmo que a tomada do país não seja especialmente para o T, você pode colocar esse em cima do outro e carregar vários equipamentos ao mesmo tempo. 

8 – Levar mais bagagem do que deve
Calcule quantas roupas irá precisar para evitar os quilos a mais na mala e consequentemente taxas extras na hora do embarque. Viajar leve é sempre uma ótima opção! 

9 – Não fazer seguro!
Parece bobagem, mas o seguro viagem é um salvador da pátria se acontecer qualquer coisa com você sem falar que é indispensável na imigração em vários países (todos da Europa pedem ele por exemplo)

Ele cobre acidente, contas do hospital, extravio de mala, furto de passaporte… A maioria dos países NÃO TEM SAÚDE PÚBLICA GRATUITA e a conta do hospital pode vir astronômica! Então compre seguro viagem e vá tranquilo

 

Fonte: Blog Apure Guria